Carregando... Por favor, aguarde...

Boletim Informativo


Google Panda aprimora pesquisas do buscador

Postado em 16/08/2011 as 14:16

Alteração no algoritmo do serviço vai reduzir relevância de sites que abusam da publicidade ou que copiam conteúdos de terceiros

 

Panda: novo conjunto de regras vai refinar resultados de buscas no mundo

 

Panda: novo conjunto de regras vai refinar resultados de buscas no mundo (Yoshikazu Tsuno/AFP)

 

O Google enfim realizou, nesta sexta-feira, uma atualização global de seu sistema de buscas utilizando o algoritmo Panda, no ar desde o começo de 2011 apenas para páginas em inglês. Na prática, a atualização altera a forma pela qual o serviço enxerga as páginas da web, procurando oferecer resultados mais adequado à pesquisa dos usuários.

O buscador agora segue um conjunto de regras mais criterioso, que inclui dados como o tempo médio dispendido por usuários em uma determinada página, número de pessoas que retorna a um endereço eletrônico após encontrar um conteúdo e a originalidade dos textos publicados, entre outros. Boas estatísticas nesses quesitos vão render melhor posicionamento nas buscas. Por outro lado, o uso abusivo de anúncios e a exibição de textos copiados de terceiros serão penalizados, fazendo com que as páginas infratoras percam relevância para o Google.

As alterações devem obrigar websites a aprimorar a qualidade de seu conteúdo. Ao mesmo tempo, ajudam a afastar o conteúdo irrelevante dos primeiros resultados de busca – o que vale também para páginas com notícias falsas, utilizadas por criminosos digitais para contaminar usuários com vírus e outras pragas virtuais.

"Nossa análise dos dados coletados até o momento mostra que a alteração aprimorou a qualidade das buscas", afirmou o desenvolvedor Amit Singhal, desenvolvedor do Google, no blog oficial da empresa. "Até o momento, a resposta dos nossos usuários ao Panda foi muito positiva", disse.

De acordo com a companhia, a atualização foi disponibilizada em quase todas as línguas, excluindo o chinês, o japonês e o coreano, que ainda estão em período de testes. Para administradores que tiverem dúvidas sobre as alterações, o Google criou uma página com informações técnicas.